Arquivo de Julho, 2004



a outra poesia

Primeiro olhei para o que tinha nas mãos, não conhecia, desconfiei. Agradeci e ouvi atentamente. Liguei a agradecer a prenda e voltei a ouvir. Depois quis mais e procurei e achei e ouvi. Win Mertens , com melodias fantásticas, poesias musicais. Oiço o The Best Of The Win Mertens repetidamente no carro, alto para não […]

mágico manto alimento de fantasias mortal silencioso e belo calmo animo na sua aparência Partilhe este artigo:Tweet

fogo arde

o verde consome-se, não foge, arde o vermelho sobe as encostas a água nasce e morre num ápice o homem olha, impune, incapaz…olha e o fogo arde encara os céus e despede-se Partilhe este artigo:Tweet

silêncio

Depois de uma semana de silêncio, por opção e por imposição, volto. Mas volto com alguma angústia, pois olho para os espaços brancos à minha frente e não os consigo preencher. Deixo então mais um espaço para o silêncio, mas logo de seguida sinto algum desassossego, que me não me deixa indiferente e me impele. […]

corrida

Mais uma vez participei na Corrida do Bodo e mais uma vez o objectivo era terminar a prova. Com falta de preparação física, apenas 3 semanas de piscina, e com calor logo pela manhã a coisa não foi muito fácil aliás até me questiono como é que o ano passado consegui falar os 6,5km, contra […]

Morreu um dos maiores músicos de sempre e um dos grandes representantes da cultura portuguesa. As palavras são poucas para um homem que se expressava através das cordas de uma guitarra portuguesa, por isso fica aqui a minha singela homenagem. até sempre CARLOS PAREDES. obrigado por tudo. obrigado pela tua música. Partilhe este artigo:Tweet

jaguar

Há uns tempos atrás um amigo meu deu-me a conhecer a banda. Lembro-me que na altura nem liguei muito. Entretanto tive a hipótese de o ouvir mais atentamente e fiquei surpreendido, pela positiva. Um som calmo, bem construido e não muito explorado, com esta qualidade, pelas bandas lusas. Aliás é o que tenho ouvido com […]

pela manhã cedo

Ontem, de manhã cedo, tive a oportunidade de participar numa visita guiada pelos Jardins da Fundação Serralves. Ouvi as explicações sobre a alameda que conduz até à casa, sobre a casa, sobre os diversos jardins e o meio ambiente envolvente. A guia referiu espectos que nunca eu imaginaria que eram pensados na construção de um […]

Hoje faz 1 ano em que comecei a escrever este blog. Foram muitas as palavras que escrevi, muitas outras ficaram por escrever. Muitas vezes questionei o porquê da existência do blog e os conteúdos que deveria colocar. Ainda hoje questiono e continuo a não saber a resposta, isto porque as minhas áreas de interesse dificultarem-me […]

the cult

De repente ouvi na VH1 uma música dos THE CULT, banda de que tenho alguma saudade. Este álbum, que morou durante muito tempo nas minhas mãos mas que de um momento para o outro se sumiu para nunca mais voltar, tem algumas músicas que ouvia com regularidade, “Joy”, “Star” e “Sacred Life” e das quais […]




Sobre

You are currently browsing the diasdeblog weblog archives for Julho, 2004.

Longer entries are truncated. Click the headline of an entry to read it in its entirety.

Categorias

Arquivo