Arquivo de Junho, 2011



Apaga-se-me a noite E escorro lento pela calma As ideias gastas já não regressam E o fim fecha-se numa pálpebra Partilhe este artigo:Tweet

não é fácil explicar este álbum, talvez seja mesmo algo impossível. “the north green down”, é um tributo de Chris Hooson, fundador dos britânicos Dakota Suite [que estiveram no Festival para Gente Sentada em 2010] com Emanuele Errante, a uma familiar. pela situação especifica e pela sua carga emocional, estes compuseram as 18 canções, onde o […]

a cor é a que quisermos, basta imaginá-la. e os nossos olhos atingem o horizonte e não querem regressar. e perdem-se por lá e aguardamos pacientemente. cheios, mas sempre sedentos, preparam nova viagem.   Partilhe este artigo:Tweet

profundo quase intocável serenamente vazio calmamente ondulado e emerso nesse embalar celestial esqueço.   Partilhe este artigo:Tweet

as cores estão carregadas, saturadas. mas há quem não se perturbe, deambula secretamente quase imóvel ou suspensa. é este o contraste. Partilhe este artigo:Tweet

todas as grandes causas, personalidades, momentos… têm o seu monumento. este não é menor que qualquer um. talvez até seja um caso de “monumento em crescimento”   Partilhe este artigo:Tweet

hoje o que somos?   Partilhe este artigo:Tweet




Sobre

You are currently browsing the diasdeblog weblog archives for Junho, 2011.

Longer entries are truncated. Click the headline of an entry to read it in its entirety.

Categorias

Arquivo